Retratos

Mais um retrato (conspiratório, diriam alguns) do país; o vídeo acima e o texto abaixo de que destacamos uma parte, desta vez pela France 24:

…and most of all, endemic corruption which strangles people’s hopes and creativity. These are all weak points that the crisis has accentuated.

Anos atrás, mais de duas décadas, foi este sub-solo que deixei, isto e as sementes que eclodiram posteriormente. Decisivo foi o episódio de uma aula de formação profissional lá da empresa: operários pouco mais que analfabetos (uma boa parte era-o de facto) vinham em camiões de toldo de uma das fábricas da empresa sentar-se em frente de um quadro onde havia equações (simples) de física newtoniana. O instrutor, um barbudo engenheiro químico, nem ao trabalho (se é que sabia como) se deu de as escrever correctamente. Foi a primeira e última a que assisti. Subi ao escritório imediatamente e fiz a exposição do dilema: a ter que assistir a algo daquele género uma vez mais que fosse, demitia-me imediatamente. Aceitaram, o que adiou a demissão por mais uns meses.

Depois fui para outro país. Fui ganhar o mesmo salário, mais palmo, menos dedo. Mas contribuir para o funcionamento de uma sociedade razoavelmente “limpa”. Dessa, na maior parte dos dias, não me tenho envergonhado… o que é um melhoramento considerável. E as livrarias e os alfarrabistas são um mimo…

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s