Arquivos Mensais: Dezembro 2010

Assassinos, os gaúchos a democracia e os hoplitas e mais coisas que por aí andam

Sinto-me bem no meio da gauchada A foto de cima, foi tirada há coisa de um ano. O facão na cinta não assusta por aí além. É uma arma terrível, já se sabe. Rubem Fonseca usa-a (se bem que se … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , | Publicar um comentário

Este natal ofereça virilidade

Este Natal ofereça virilidade aos seus filhos. Dê-lhes (se concordar com a substância) este post de Manuel Canaveira a ler. Já é de 2008, fala de coisas velhas, mas continua (e continuará) actual.

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , | Publicar um comentário

As boas notícias do tempo que passa

Como nem só o mau tempo passa nos barcos, a blogosfera dá-nos coisas preciosas. Também uma estranha intimidade ou comungar com gente que não conhecemos. Deu-nos o natal boas coisas, e as melhores das notícias colhidas, no Sobre o Tempo … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

A passagem do (mau) tempo nos barcos

O que é um homem? Ninguém sabe muito bem. Ou sabe-se, aproximadamente, e pela negativa, quando tolhidos pela neve, pelo frio, pela fome, quando já nem os cães pegam, alguém se lembra de perguntar, como Primo Levi, ou desconhecido Trigve, … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , | Publicar um comentário

Coisas que se encontram nos livros

Dentro deste acima, um artigo do Morgenbladet de janeiro de 59 de Per Vogt sobre Pasternak e algumas polémicas da altura. O testemunho visível  pela escrita do texto, dá-nos também a imagem de um tempo  no Ocidente em que o … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

Escarro, e imagens poéticas

Aquela amiga que mais prezo em Portugal e subúrbios (também por ser bibliotecária e guardar livros no coração e arredores) por me ter pedido o endereço do blog veio aqui comentar. Em boa hora, porque gostamos cá dela. E usou … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

à atenção dos lexicógrafos

Escrevi aí para trás aquela história da senhora que ao entregar o dicionário se queixa das histórias demasiado curtas. É o mal dos dicionários. Ou da economia, quando aplicada à definição das coisas. Também por a tal história da senhora … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , , | Publicar um comentário