Arquivos Mensais: Maio 2011

Um ninho de passarões silenciosos

Abateu-se sobre este latrocíoníssimo e almerindoso assunto (ou porque andem os espíritos alvoraçados com a refrega eleitoral ou porque desígnios mais altos se alevantem) um benéfico e plácido silêncio. Que não se espere sobre o caso artigo espesso e subtilíssimo … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , , , , | Publicar um comentário

Autoridades e Alfândegas

Ainda a respeito de Fielding do post abaixo, ocorreu-me uma das últimas páginas que escreveu nos seus últimos dias de vida – no seu A Voyage to Lisbon (entrada de terça-feira, 6 de Agosto de 1754) – ao ler o … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , , , | Publicar um comentário

O Vanity

Nas quixotescas andanças de Joseph Adrews – como as deixou escritas Henry Fielding -há aquele momento em que o pároco e o médico discutem e teimam sobre a forma de acusar o ladrão que escavacou e roubou o herói da novela … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , | Publicar um comentário

Não há quem resista a esse exército

Na sua colectânea de contos Romance Negro e Outras Histórias (Rio, 1992, Schwarcz), há um conto de Rubem Fonseca chamado intitulado Olhar. Alguns leitores o conhecerão provavelmente. O achacado personagem principal, ao consultar o médico (dr. Goldblum), mostra-lhe um poema … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | 2 Comentários

Só por isto foi o prémio merecido

Já toda a gente leu, mas aqui se relembra, e só por esta crónica teria merecido o Prémio Camões; António Manuel Pina em crónica no JN, «Os Vinte Magníficos»: “Com 689 000 desempregados e 204 000 “inactivos” (pessoas que desistiram … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , | Publicar um comentário

O velho Broker, Quixotes e lobos

Fui-me sentar-me há dois dias no velho Broker enfronhado em leituras velhas. Que me perdoem os que aqui passam o blógico pousio. Tem isto de escrever blogs a suprema chatice de ficar a gente com menos tempo para ler os … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

Ler os outros

Um excelente post no Água Lisa de João Tunes, a relembrar um desportista exemplar que soube dizer não – e sobre o livro que conta a história. A não perder este post e a história deste exemplo neste num tempo … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , | Publicar um comentário