Títulos de blogs que fazem inveja

Depois de uns meses de actividade bloguística e postagem de frioleiras e minudências, cumpre-me agradecer todos os links com que outros bloguistas decidiram honrar o Âncoras. Peço desculpa a todos esses (os que vi e os que não vi) por ter optado aqui não ter links visíveis para outros blogs – uma espécie de injustiça para todos aqueles que para aqui dirigem os seus leitores – mas isso deve-se em muito a não me conceder autoridade para destrinçar o que é meritório de ser seguido (e lido) ou não. Receio a omissão (por desconhecimento) de tanto de bom que por aí se escreve.

Tudo isto, a propósito do último link que detectei e que vem de um blog com um título invejável. Parabéns ao autor pela escolha do oitavo verso do poema de Dylan Thomas And Death Shall Have no Dominiom, para título do blog thoughloversbelostloveshallnot. E porque nunca é demais recordar esse que é um dos mais belos poemas de sempre:

And death shall have no dominion.
Dead mean naked they shall be one
With the man in the wind and the west moon;
When their bones are picked clean and the clean bones gone,
They shall have stars at elbow and foot;
Though they go mad they shall be sane,
Though they sink through the sea they shall rise again;
Though lovers be lost love shall not;
And death shall have no dominion.

And death shall have no dominion.
Under the windings of the sea
They lying long shall not die windily;
Twisting on racks when sinews give way,
Strapped to a wheel, yet they shall not break;
Faith in their hands shall snap in two,
And the unicorn evils run them through;
Split all ends up they shan’t crack;
And death shall have no dominion.

And death shall have no dominion.
No more may gulls cry at their ears
Or waves break loud on the seashores;
Where blew a flower may a flower no more
Lift its head to the blows of the rain;
Through they be mad and dead as nails,
Heads of the characters hammer through daisies;
Break in the sun till the sun breaks down,
And death shall have no dominion.

 

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , . ligação permanente.

2 respostas a Títulos de blogs que fazem inveja

  1. Obrigado pela referência. Demorei bastante até encontrar o título que queria. Como gosto muito do Dylan Thomas, lembrei-me de usar um verso dele. E o que usei é o meu preferido, de um dos melhores poemas dele, um dos poemas mais belos de sempre, como dizes, e também um poema que já foi citado em muitos filmes. Abraço.

  2. soliplass diz:

    É com efeito um belíssimo título a partir de um verso que gosto muito. Pessoalmente é uma das coisas que acho fascinante a diversidade de títulos de blogs; quer sejam frutos da inventividade ou da escolha. Tanto que de vez em quando pesco um por aí para esta série «títulos de blogs que fazem inveja».

    Grato pela visita.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s