Arquivos Mensais: Janeiro 2012

Prémios e distinções

E era então que chegava por aqui à notícia (note-se a fantástica ironia que o tempo deixou cair sobre a frase da notícia “O Estado está habituado a mudar as regras quando lhe convém e como lhe apetece, independentemente dos compromissos assumidos e publicados“) de uma … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , | 3 Comentários

Citação (supérflua) à rastejosa gadaria

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , | Publicar um comentário

Tanta Til Beate

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Grundrisse da coisa

Tinha vivido nas paragens onde me criei certo ancião que – num desabafo qualquer – instituiu uma máxima filosófica citada frequentemente em discussões sobre coisas profanas ou sagradas:   – Pois ó rapazes, sempre lhes digo: um homem  a que calhe uma mula que dê coices, umas … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , , | Publicar um comentário

Instintos maternais

Finanças garantem que operação não agrava o défice. É comovente reconhecer que até nisto ultrapassamos os rudes teutónicos, e seu Weber que disse do Estado o detentor do monopólio do uso legítimo de violência. Cultores do marianismo e farol das ocidentalidades, nós por … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , | Publicar um comentário

Hopes/Misery

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , | Publicar um comentário

Escolha

“Over coffee one afternoon in the summer of 2001, András reminded me of another way to burn books, explained to him by a colleague who survived the siege of Sarajevo. In the winter, the scholar and his wife ran out … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , , | Publicar um comentário