Grandes linhas

Vejo passar o jovem casal na corrida matinal, seguidos pelo cão à trela numa rua de Oslo. A neve não perdurou hoje, perdura este gosto pelo ar livre – tradicional entre os noruegueses. Os dois vultos e um cão evocam uma outra imagem antiga.

 O estilo de homem prático do explorador polar Nansen neste livro, Friluftsliv (vida ao ar livre – aqui a a gravura da página de rosto da minha edição de 1940) tem o seu quê de poético, na evocação de verdades simples, apologia do silêncio e do brilho das coisas singelas que espantam: “então veio o inverno, branco e triste.” É hora de descer ao vale… descreve, busca as marcas de lebre na neve, fala de quão silenciosa se tornou a floresta, menciona rasto de esquilos ou de ratos… os ramos curvados sob o peso da neve…

 

 Esta é uma das páginas que me agradam particularmente, onde o último parágrafo diz numa linguagem precisa “Gosto desta noite escura, tão silenciosa que cai em si, e cobre todas as minudências, deixando-nos apenas aperceber as linhas simples e maiores – e as estrelas.”

É um dia perturbador. Ao ir ainda cedo por um café e um bolo, nos expositores os jornais reproduzem a fotografia de Breivik. As televisões actualizam durante o dia os comentários dos enviados que seguem o caso na sala do tribunal.

 

Na p. 56 do Dagbladet a singeleza, o fraseado nu do poema de Myriam H. Bjerkli, (numa tradução sem outra preocupação que não o literal):

Sneen utenfor/ A neve lá fora

stjeler vårblomstenes farger / rouba as cores às flores primaveris

dekker jorden / cobre a terra

jomfrugelig / virginal

hvit / branca

død / morta

 

fra tv-en / da tv

så mange navn, så mange unge / tantos nomes, tantos jovens

så altfor mange unge / demasiado tantos jovens

 

det er passende / é apropriado

med snø / com neve

i dag / hoje

Vendo passar os corpos ágeis dos amantes, o bruto que os segue fiel, pensando no texto de Nansen, nesta selva urbana, babélica e informativa, onde estão hoje as grandes linhas que sobressaem, as estrelas que guiam?

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s