Barrete

002

 

Excelente romance o de Pedro Almeida Vieira. A época bem reconstituída, cenários credíveis, um bom ritmo de relato e a atenção do leitor bem agarrada. E oficina, bom léxico, boa escrita. Aceitam-se mais do autor (a julgar por este) como presentes de natal.

Do outro, que comprei no aeroporto de Lisboa à saída, anunciado como romance histórico, diria um barrete memorável. Desde que caí como um tordo no bom inverno do dito, que não me passava em mãos coisa tão intragável. Um purgatório para incautos. E ao mesmo tempo… bem mereci a prenda. Batido nestas coisas já deveria ter calculado, pelo pequeno autocolante amarelo e redondinho que anunciava dez mil exemplares vendidos em três semanas, o que lá vinha embrulhado. Estouros de manada e livros não são lá muito coisas de parelha.

 

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , . ligação permanente.

2 respostas a Barrete

  1. Culpa sua, quem é que lhe manda ser incauto e comprar livros no aeroporto? Pedro Almeida Vieira, esse sim, é para além de muito recomendável.

  2. soliplass diz:

    Tem razão. E ainda por cima naquele aeroporto… já uma vez descarreguei a bilis em tal assunto: https://ancorasenefelibatas.wordpress.com/2010/11/28/sinais-interiores-de-riqueza/

    Quanto ao Vieira, assim que poder deitar unha a outros títulos, não escapa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s