Abrenúncio!

Qu’aquele gajo não é um blogger! Aquilo é um camartelo com corte de gadanha. Ou de bisturi.

 

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , . ligação permanente.

9 respostas a Abrenúncio!

  1. Tipo Lord Byron, «mad, bad and dangerous to know»? Há uns tempos estive para deixar este comentário num post do Luís Jorge, mas estamos em crise e temos de gerir parcimoniosamente os elogios. 🙂

  2. soliplass diz:

    Mas aquilo é simplesmente perfeito. RTP às urtigas, se emigrar prá colômbia farewell and safe journey e o homem dos figos igual, e o doutor, cambota que o pariu. Agora, um post destes de vez em quando vale bem os telejornais de um ano.

  3. Convenhamos que comparar o post com os telejornais de um ano não é grande elogio… 😉

  4. soliplass diz:

    Tem razão, era no sentido de que sendo mais conciso traz bem mais conteúdo. E arte…

  5. Eu sei! Estava a ser irónico! (está visto que o meu sentido de ironia é uma trampa)

  6. ahaha, quando eu me divirto vocês também se divertem, o que é muito fixe. Mas o Carlos está traumatizado por causa dos elogios, tadinho. Feliz Natal.

  7. LOL
    Tens razão. Mas desde já te presenteio com o «bad»; reservo o «mad» e o «dangerous to know» para entrega futura.

  8. soliplass diz:

    Felicíssimo Natal também para si confrade, com santas aguardentes, bom madeiro e os seus à volta, and all that

    Bom era, meu caro, para mim e para o Carlos e para os outros, que se estivesse apenas a divertir; e que o “fundo” do post não lembrasse o que escreveu Kaare Strøm (European Journal of Political Research 37: 261–289, 2000) sob o tema “agency problems”:

    “If the agent has interests and incentives
    that are not perfectly compatible with those of the principal, delegation may
    generate agency problems. Agency problems arise when the agent acts in
    ways that are not in the interest of the principal. Agency losses take the
    form of omission, commonly known as “shirking”, when the agent simply
    fails to act in the best interest of the principal, or commission (sabotage),
    when the agent takes some positive action contrary to the will or interest of
    the principal. Agency problems are likely to be exacerbated under hidden
    information (principals do not fully know the competencies or preferences of
    their agents or the exact demands of the task at hand) or hidden action (principals cannot fully observe the actions of their agents). The former of these conditions can give rise to problems of adverse selection, the latter to moral
    hazard. The former of these problems may lead principals to systemically select “the wrong” agents, agents that do not have the most appropriate skills or preferences. The problem of moral hazard, on the other hand, arises when agents, once selected, have incentives and opportunity to take unobservable action that is contrary to the interests of the principal.”

  9. Cum caraças. Já estou como o gajo do Moliére que fazia prosa sem saber. Um abraço.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s