Ler os outros

porque a net é uma janela e porque isto também me serve de arquivo onde voltar a ler os outros, o dia foi fértil: um; dois; três; quatro; cinco;

e, imperdível; Seis:

“A meio caminho entre o cidadão que voltou para casa depois do discurso de Arménio Carlos e o rapaz irado que atira pedras, está Maria. Quando o serviço de ordem desarmou a tenda ela continuou na rua, “a distribuir um jornal de parede”, O Espelho. Os infiltrados da policia, que foram os melhores alunos do curso do Agente A., fotografaram-na doze vezes e hão-de procurá-la nas imagens da RTP. Ao continuar na rua, Maria perdeu a protecção da CGTP e passou a estar à mercê do livro de estilo da Policia de Intervenção, cujo caldo de cultura é uma mistura de relatórios do SIS, com aulas do Ângelo Correia, Nuno Rogeiro e do Jaime Nogueira Pinto e apontamentos de um professor que, quando se entusiasma, é muito parecido com o Futre.” 

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s