Tem dias

DSCF1804

Dia perfeito para andar por alfarrabistas alemães. Para um cafézito na livraria preferida, a debicar biografia de Pepys (2 euritos e meio, usado) e mais uns avulsos,

006

Tempo adequado também para estas coisas: lá fora farrapos de neve em torvelinhos desordenados,

008

Nas águas da baía um maduro que dorme num saco-cama sem neve que o incomode, e o velho Freya,

011

que lembra os versos de Luis Cardoza e Aragón – o tal que disse que o seu país lhe deixava três escolhas; “el destierro, el encierro o el entierro”.

Em Luna Park (1924), poema 8:

001

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

Uma resposta a Tem dias

  1. Sim, um belo dia. 🙂
    Gostei dos versos de Luis Cardoza e Aragón — irei procurar saber mais sobre a figura.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s