Alouette emplumado

DSCF1290

Uma surpresa, há uns meses em Versailles, o Alouette emplumado da artista portuguesa Joana de Vasconcelos.

Curiosa peça, ali no seio do que foi palco por excelência de La société de cour como lhe chamou Norbert Elias. Que raio poderia ter inspirado àquele feliz resultado? A frase «un courtisan est semblable à des plantes faites pour ramper, qui s’attachent a tout ce qu’elles trouvent» em Mes Pensées de Montesquieu (no tempo em que ainda não existia o helicóptero, indisponível como analogia portanto) ou – sendo a artista portuguesa – a configuração “plástica” de Vital Moreira?

Inspirações cruzadas, quiçá… mas é bonito de se ver.

DSCF1291

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Uma resposta a Alouette emplumado

  1. Xico diz:

    …chama-se descontextualização! É um exercício académico com vários anos e que esta “artista” utiliza como sendo uma formula infalível, ou seja: se voa deve ser feito de penas, se é usado por uma mulher deve ser feito de tampões ou pílulas, se é português deve estar carregado de presunção e de espírito burguês.

    De uma forma ordinária poderíamos dizer que a arte tem tentado reflectir o seu tempo. Esta “artista” não está longe desse cliché, enquadra-se perfeitamente nele e na critica.

    Abraços

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s