Formalidades

A semana passada o jornal norueguês Aftenposten publicava uma reportagem ou artigo intitulado «três bons motivos para se trabalhar na Noruega» focando a experiência de três estrangeiras que escolheram o país para trabalhar e em que uma das referidas é uma portuguesa ao serviço da Aker Solutions.

Lendo o artigo, deparamos com as declarações de Ana Raquel Igreja dos Reis acerca da sua experiência profissional na Noruega e de alguns dos bons motivos: «Det er mer uformelt og mer kontakt mellom sjefer og ansatte. I Portugal er det mer hierarkisk og formelt» – ” É mais informal e há mais contacto entre os chefes e os empregados. Em portugal é mais hierárquico e mais formal”.

É também a minha experiência. Na formalidade portuguesa, e no a cada galho a seu macaco gonflado de gravitas, é impossível não achar motivo de paródia. Ou lembrar a imortal frase de Sterne no Shandy, aquele a misterious carriage of the body para esconder certas coisas. Emigrando, devemos escolher sítio onde nos livremos desta praga que bem vale as sete antigas do Egipto.

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s