Um senhor simpático

f. l. ordem 011

Curitiba, Domingo, feirinha do Largo da Ordem, descendo a calçada. No pequeno largo, mais abaixo, feira de livros novos e usados.

f. l. ordem 012

Compro alguns de Dalton Trevisan, digo que são para oferecer a uns amigos portugueses que o apreciam, e o vendedor, comentando que o famoso escritor curitibano vive em anonimato e longe dos holofotes, oferece-me a história:

Um casal de jovens mostrou-se um dia curioso de conhecer o escritor e ele (o vendedor dominical, não sei que outra profissão terá, se a tiver) disse que tinha sido vizinho ali na Amintas de Barros. Que talvez os recebesse. Passados dias, encontrando os jovens perguntou se lá tinham ido bater à porta.

– Sim, fomos, recebeu-nos um senhor que disse que ele já não morava ali. Convidou-nos para entrar e serviu-nos chá, muito simpático, correctíssmo.

– Como é que era o cara?

– Assim e assim e assim…

– Ma pera aí ô, …é esse mesmo!

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , . ligação permanente.

2 respostas a Um senhor simpático

  1. Alice Alfazema diz:

    Essa feira faz lembrar Portugal, que inveja desse sol. Quais são as ementas por aí?

    🙂

  2. soliplass diz:

    Por aqui, na feira mais concretamente, e à venda nas barraquinhas, o mais comum é o pastel. Um frito, não muito diferente daquilo que também nós portugueses designamos por esse nome.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s