What command respect

001

Chegava pela manhã através do Der Terrorist a esta notícia que relata como um marau dos consabidos utiliza um carro da Secretaria-Geral do Ministério da Defesa para ir “tratar da vidinha” e participar numa assembleia de acionistas de empresa.

Lembra isto aquela nota que Tolstoi escreveu ao Grão-Duque (um dos filhos de Nicolau I), nota que nunca foi enviada:

002

Também para estes malabaristas – a quem acções deste tipo seriam censuradas num Estado minimamente decente -, parece ser este o tipo de comportamento que que lhes assegura o prestígio e o respeito dos seus pares. A recta conduta, o respeito pelo património público e pela dignidade das instituições do Estado, assegurará, quando muito, o ridículo.

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

2 respostas a What command respect

  1. Cristina diz:

    Olá!
    Ontem estive furiosa com tais atitudes: Aguardava ao semáforo, quando vem o “resgate” dos bombeiros fazendo escândalo. Encostei a moto (senão passavam por cima) e lá se foram.
    Abrindo o sinal, os segui (por ser meu caminho) e logo pararam tranquilamente num estabelecimento comercial. Não resgatavam ninguém, só passeavam.
    Os “especiais” não podem aguardar o sinal como todo mundo e ainda usam a viatura como carro particular. Pode?
    Abraços sul americanos.

  2. soliplass diz:

    Estavam a treinar passar sinal vermelho talvez?

    Abraço curitibano de volta.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s