Samba pro Toninho

E porque por cá cai se cai em excesso no «mais sério que bode embarcado», por sugestão de compadre Panurgo:

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , . ligação permanente.

2 respostas a Samba pro Toninho

  1. Panurgo diz:

    É o meu desgosto para com Deus: não me ter feito músico. Talvez eu pudesse ter feito de mim um espírito mais nobre, um espírito aristocrata como o do Hesse, e, talvez, quem sabe?, também escrever uma parábola à Música como o Jogo das Contas de Vidro. Ao pé da Música, das guitarras, tudo me parece menor, sem valor, fácil, e os homens que levam a vida a cuspir «leituras do acontecimento», a vomitar «cenários de futuro», os poetas do poema menor e sem valor, os prosadores e analistas das grandes questões da política rasteira, da arte efeminada e vazia, esses vermes do dia-a-dia, todos eles me parecem absolutamente ridículos e estúpidos. E Deus não me fez melhor do que aqueles que tanto desprezo.

    Um abraço 🙂

  2. soliplass diz:

    Isso é um belo elogio à música compadre.

    Abraços de volta.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s