Papéis

028

O sergipano Joel Silveira escreveu (Diário do Último Dinossauro, 2004) que “O Brasil só é pobre entre suas fronteiras. Fora delas, principalmente na Suiça, é riquíssimo”. Esfregonas engravatadas que dia sim dia também massacram ouvidos e prelos com a pobreza de Portugal, deveriam ter o cuidado de explicar que fora de fronteiras o país é riquíssimo. Nas Ilhas Caimão, por exemplo, segundo uma edição do Expresso de Novembro de 2010 (fonte), Portugal era, há três ou quatro anos, o quarto “investidor”.

Estes “machos de almocreve” incumbidos de cargos governativos, não se preocupam exactamente (ao ditarem as austeridades ao povo) com um projecto de futuro. Preocupa-os isso sim, que seja apagada (ou absorvida) a parte “incómoda” do passado. Nem se percebe, ao darem à estampa as suas biografias, porque não as intitulam Desmemórias de meio rolo de papel higiénico.

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s