Títulos de postas que impressionam

De cada vez que Portugal regressa aos mercados a esquerda die a little

E promessas, avista-se gambiarra (e jura não ser de locomotiva) ao fundo do túnel:

Neste momento o maior risco para os investidores é a política seguida por este Governo não prosseguir no próximo. Portugal tem de manter o controlo nas contas públicas e fomentar o crescimento senão acabamos na bancarrota e fora do euro. Espero que os políticos todos eles tenham consciência disto. Manuelas Ferreiras Leites, Paulos Silva Pereiras, Joãos Galambas, Antónios José Seguros, se insistirem no delírio serão responsáveis pela saída de Portugal do euro e nessa altura mando-lhes a conta.”

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , . ligação permanente.

4 respostas a Títulos de postas que impressionam

  1. Panurgo diz:

    Você não me arrelie essa mulher! Não vá ela chatear-se e deixar de escrever…. e, depois?, ó meu bom homem do mar… quem nos dará trambolhões de cadeira à cova com as suas lições de finanças públicas? Taxa de juro de 5,5%? Isso é lá coisa que preocupe… Portugal para o ano cresce a trinta por cento… ao mês.

  2. nina luz diz:

    Este é o terceiro artigo de hoje na blogosfera que não me deixa esquecer, por mais que eu tente, aquela citação idiota (e truncada) sobre a qual tive um dia, faz muitos, muitos anos, de escrever um ensaio de 2500 palavras: “Unemployment is a price worth paying”. Continuamos, é bem claro, a repetir os erros do passado, ad nauseam, e sem aprendermos pitada. E quem foi mesmo que disse que ‘ideologia’ estava morta?

  3. soliplass diz:

    Eu não me arrelio. Até gosto do título. Convenhamos que escrever “die a little” sempre é mais elegante e mais moderno que o arcaístico “dá-lhe trangolomango”.

  4. soliplass diz:

    Pois, “is a price worth paying” desde que o paguem os outros e as famílias dos outros e nada de golden parachutes. Mas isso não é ideologia, é pragmatismo, ciência, “arte do possível”, rigor, e etc.

    Durante anos, de Guizot só o resumido em “enrichissez-vous”. Agora, controlo nas contas públicas, contenção orçamental, reformas estruturais. Nunca lhe apeteceu usar o termo “pós-ladrões”?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s