Grupo dos Cains e “acidentes políticos”

O presidente da Comissão Europeia afirmou hoje, em Bruxelas, estar “seguro” de que Portugal pode regressar aos mercados em 2014, se a estabilidade for garantida e se não existirem “acidentes políticos” , noticia hoje o DN.

Não sei o que entende ele por “acidentes políticos”, mas imagino. As contrariedades das democracias quiçá, os postulados de Dahl, certamente, a transparência e deliberação pública, e mais essa abdominável balbúrdia que designamos por eleições. Tudo isto (e toda esta gente de que Barroso é amostra representativa) lembra o que Alexandre Herculano escreveu há século e meio na introdução à sua História da Origem e Estabelecimento da Inquisição em Portugal (datada de Dezembro de 1852), uma introdução onde – no contexto da época, mas alguns traços são por demais semelhantes – se refere o “grupo dos Cains”. Ora, lido o texto nas fotos abaixo, julgue o leitor das semelhanças:

003

004

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s