Barbas, briefings

Há uns bons anos atrás um cómico na televisão de um dos países nórdicos que não me fica bem nomear, escandalizava o país. A propósito da barba do príncipe real comentava com a irreverência típica dos países livres que, com aquela barba mal semeada (e agora textualmente) «dava a impressão de ter arrastado à nascença (dratt med seg) os pêlos da cona da mãe» – da rainha, óbviamente.

Ao ler por aí que o Governo retoma briefings diários quarta-feira, e olhando para a barba dos briefingantes…

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , . ligação permanente.

4 respostas a Barbas, briefings

  1. Pingback: Com a irreverência típica dos países livres. | Declínio e Queda

  2. Joaquim Carlos Santos diz:

    Mas isso é um elogio. Vá que as conas do século XXI estão bem depiladas para um serviço mais eficiente e intenso. Usanças.

  3. soliplass diz:

    Enfim, saiu-lhe aquela se bem que o uso desse tipo de termos é mais corriqueiro (aceite sem grandes sobressaltos) nestes países. E as monarquias estimadas. O facto é que ao ver os outros não consigo deixar de me lembrar da “tirada”.

  4. Panurgo diz:

    ahahah o poia madura? aquilo é rabeta que está mais do que habituado a chuchar em phalos com rastilho, para citar um amigo meu. Esta malta traz na cara a cona da mãe, e na boca os pêlos dos colhões do papá. Digo eu, claro está.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s