Cantos, torres

Sulcando águas escandinavas vizinham-se as férias, o volver à casa portuguesa que vejo tão pouco. Relembro os cantos e recantos. Se vagabundice se deu de sobejo ao corpo , à mente nem método nem escola; nem eira nem beira. A cada  canto uma  torre de babel. Fechal ou pierre d’achoppement da desordem o pobre Rambler, também ele com duas voltas ao mundo (nas minhas mãos) até ao pouso presente.

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Uma resposta a Cantos, torres

  1. Está um bocadinho assustadora 🙂

    Boas férias 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s