Discurso radical e irresponsável

Aprendo pelo Rui Ângelo Araújo que “José Manuel Fernandes embarca num arriscado projecto editorial… de direita.” Que há-de ser proveitoso de divertido ler. Um gajo mal pode esperar – prosa escorreita de erudita qu’inté manda balanço, tudo p’la liberdade de escolha com montes de nos states é qu’é bom, terra do sélfmêidmén, e do empreendedorismo & copotintividade

Quiçá atados em molho, como os grelos no Bolhão ou na Ribeira, estes  fernandes, amorins, mirandas, camilos lourenços e demais pétalas da fina-flôr pensante (mártires incompreendidos da ocidentalidade) é que  tinha dado boa súcia de founding fathers. Destronaria a última ceia vê-los em concílio a discutir com as gentes que reivindicam seus faróis. Moderados pela fatinha campos ferreira, se necessário, para evitar punhada da grossa.

Vou-me aqui ao meu Jefferson portátil (não tenho cá cabedais para encadernadura a marroquins)…

004

Faltava um ano e uns meses para a “nacionalização e ocupação selvagem” da Bastilha, e Thomas escreve a James a famosa carta. Isto é um um discurso a tal ponto “radical e irresponsável” (pelos padrões dos fernandes e dos mirandas de agora), que o homem teve sorte em viver naquele tempo e não no portugalório direitista e esperto de hoje. Ou da forca não se livraria, depois de esconjurado a abrenúncios. Ora reparem (trecho após as aspas) e deliciem-se com esta espécie de doutor Louçã da altura:

001

002

003

Não daria gosto ver um gajo destes num frente a frente do Prós e Contras com os doutores do Blasfémias?

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

3 respostas a Discurso radical e irresponsável

  1. Thomas Jefferson e o meu Bolhão no mesmo post — gostei.
    Quanto às páginas, não falta nada no meio? A segunda não é continuação da primeira, certo?

  2. Carlos Azevedo diz:

    Obrigado pela partilha. Há uma frase da sua autoria que aprecio particularmente: «Os covardes preferem a calma do despotismo ao mar tempestuoso da liberdade».
    QUando puderes, bom descanso.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s