Norwegian Woods

002

 

Estava longe de imaginar quando lhe entrei pela livraria dentro já lá vão duas décadas que o book worm (este vosso criado) que lhe comprava livros aos braçados vira a ser companhia predilecta na cabana, num alto pedregoso coberto de floresta.

003

 

Que provaria arroz de pato do nosso – acompanhado de chá de Borba, umas travessas com lombinhos mais batata rústica no mesmo molho, couvinhas bruxelosas e champinhosos redondinhos.

013

Raspar e pintar, parece nova a cabana que foi retiro de uma mulher extraordinária que ajudou a fundar a ONU.

 

016

 

Trabalhos árduos – mas conversa de livros e de coisas de cá, risota, colheita de bagas. E ar fresco, água corrediça num arroio. Chega-se rastilho a cachimbo com o vanilado Springwater Exotic Cute é deixar piar o mocho noite adentro ouvindo a lenha estalar. O corpo saudávelmente moído. Não se me perdeu o jeito do machado e da serra; com paciência e algum jeito, que madeira não falta, vou construindo e reparando. A alegria de coisas simples. Contudo, não de fácil acesso: aqui, no crivo desta gente, nenhum cavaco, sócrates ou relvas, passaria.

 

 

023

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , . ligação permanente.

4 respostas a Norwegian Woods

  1. Que sítio lindo! Lindo demais para ser verdade! Que felicidade enorme deve sentir com o perfume da terra, das árvores. Essa comidinha saborosa ainda deve saber melhor.

    Desejo-lhe muita felicidade.

  2. Já não é a primeira vez que me lembras, no jeito do prazer de mãos, o meu ano mais novo (não chegamos a ter 2 anos de diferença). Reconstruiu, com paletes da Ford de Palmela (carvalho americano atirado para um monte, para o qual pediu um preço e lhe foi dado como resposta que lhe pagavam para as levar dali para fora) a escadaria para o 1º andar da casa, com elegante corrimão e perfis (molduras) para as melhores fotos (feitas e reveladas por ele, também). Estes, entre outros exemplos.

    Gente de unhas sujas, feridas nas mãos, revelando frésias, entre outros exemplos, merece muito do meu respeito e admiração.

  3. fresas, mas também tem jeito para as flores 🙂

  4. soliplass diz:

    Obrigado. De facto o sítio encanta e inspira.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s