Ler os outros

 

Henrique Fialho no Antologia do Esquecimento: Feio feio mesmo feio.

“Há, sem dúvida, uma “palermização” da sociedade que parece irreversível. O infantilismo que oportunisticamente penetra todas as esferas da vida pública, desde a política (com seus pedidos de desculpa) à artística (com seus videoclipes), passando pela comercial (com suas promoções), entre outras, é uma espécie de vírus que tudo contamina e tudo torna simplesmente feio. Talvez nunca tenha sido tão feio e descaracterizado e aberrante como hoje o mundo em que vivemos. O que não é estranho, sobretudo se pensarmos que é essa fealdade o que mais se promove com a natural desresponsabilização dos agentes a quem dantes cabia, permitam-se recordá-lo, a transmissão de uma certa urbanidade (aquilo a que chamávamos valores).  Com as famílias em permanente estado de negação, com as escolas transformadas em meros negócios, com os media demitidos das suas mais nobres funções, resta-nos fazer como o eremita: recolhermo-nos no deserto onde por certo encontraremos a beleza, a felicidade, a alegria de viver.”

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s