Profetas no frio

 

 

 

 

 

Segunda-feira, 23 de Janeiro – Recomeço com o artigo às nove e à uma da tarde tenho-o pronto. Corro a Moncorvo para o mandar por faxe para o Harrie e enfureço-me com a roubalheira dos CTT: que seja para uma vila próxima ou para o Japão, a tarifa é única e esfolam-me em oito mil escudos pelo envio de sete páginas de texto.

Volto à aldeia. Em dias assim de tempestade nem os cães se vêem na rua. Passa de vez em quando um vulto encapuchado e apressado. A mulher do António corre para casa enxotando a cabrada com uma vara.

– Quantas tens agora?

– Quarenta e sete.

E corro também a fugir à ventania e ao frio. A aldeia dá impressão de ter sido abandonada depois de uma catástrofe.

Mesmo aqui o acontecimento é visto como importante. As pessoas largam o trabalho e sentam-se defronte dos televisores. Cavaco Silva vai fazer uma comunicação ao país para dizer se sim ou não continua à frente dos destinos do PSD, se sim ou não se volta a candidatar ao posto de chefe de governo.

A resposta é negativa em ambos os casos e as pessoas perguntam-me o que penso. Invento respostas para lhes agradar, mas de facto o caso não me interessa. Com democracia ou sem ela, os Portugueses continuam a olhar para os seus governantes como reis, e mantêm em relação a eles um espírito monárquico de dependência.

A sociedade continua baseada no mandonismo e os quase dez anos de governo PSD tornaram-se notáveis, sobretudo, pelos escândalos de corrupção e pelo vergonhoso enriquecimento dos funcionários, dos políticos e da burguesia, à custa dos dinheiros que vindos da União Europeia deveriam ser aplicados no bem público. E nesse particular os socialistas, que certamente vão ganhar as próximas eleições legislativas, irão fazer igual figura.”

J. Rentes de Carvalho, Tempo Contado, Quetzal, 2010, pp 209-210

.

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s