por mor de dúzia-e-meia de gargalhadas

(imagem fanada ao Dragoscópio)

A vida pública portuguesa sempre ultrapassa o que imaginar poderiam os melhores e mais inventivos autores da novela pícara do siglo de oro. Mal precisa de paródia porque é em si mesma paródia imediata. Basta-se como fonte e espelho. Mais não é preciso que citá-la; apesar de o tempo lhe realçar o inequívoco ridículo como é o caso do género de cafiotes de que o citado no post anterior é exemplo.

Que a sua paródia seja uma redundância parece-me ponto assente e indiscutível. Ainda assim não é supérflua quando fonte de divertimento e reflexão. Assim é o post de hoje do estimado mestre (em não mostrar reverência ao que só merece escárnio) Dragão: Ordálio ou Duelo eis a questão. A não perder por mor de dúzia-e-meia de gargalhadas sadias.

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Uma resposta a por mor de dúzia-e-meia de gargalhadas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s