e a outra que serve perfeitamente

Etica9

 

Leio por cá sobre «Gente que não conhece qualquer tipo de ética» a respeito das maracutaias do pedrocas. Nascido e criado entre o marialvismo ribatejano, muitas vezes ouvi o velho preceito de  taxonomia digno de um bom Lineu; quando, ao ver passar esta ou aquela, se armava discussão se a fulana em questão era «boa» e em que grau. Havia sempre quem defendesse (por amigo de  pilhérias) que a gradação era fútil. E que em questão de fulanas existem apenas duas espécies: as mulheres muito boas; e as que servem perfeitamente. Não creio que o nosso pedrocas caia dentro daquele tipo de gente que não conhece qualquer tipo de ética. O mais provável é que (à imagem do marialvismo ribatejano) a divida em dois tipos. A boa. E a que serve perfeitamente. Por uma questão de economia.

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s