hipótese do carteiro excluída

 

“Eu tenho certos órgãos, que já identifiquei. Não fui eu que os fiz. A minha mãe, também não os sabe fazer. O meu pai muito menos. Não vejo ninguém que os saiba fazer e que os tenha feito. (…) Quem foi? Quem foi? A resposta é: foi Deus.”

A julgar pelo resultado, pode limpar as mãos à parede.

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas . ligação permanente.

4 respostas a hipótese do carteiro excluída

  1. hmbf diz:

    🙂

    Até pode ser que os tenha, mas funcionarão na plenitude?

  2. soliplass diz:

    Quanto a isso não sei, se funcionarão na plenitude. Mas desconfio que pelo menos a garganta não lhe funciona a salário mínimo:o tal que já é demais para a plebe ínfima.

    Há em tudo isso uma coisa que me assombra: numa sociedade falida, depauperada, para circos destes, ou da bola, ou das igrejas, ou da moda, o dinheiro e os recursos nunca faltam. E quando um tipo começa a fazer contas aos custos disto, já se sabe, é radical ou ressabiado, sofre de iliteracia financeira.

  3. Era mais ou menos o que eu ia escrever. Muito palco têm estes borbotos.

  4. soliplass diz:

    Não sei o preço daquilo mas provavelmente fica mais barato pagar a estes borbotos que ao Herman para fazer de diácono Remédios.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s