Da popularidade como ofensa

Eu sei que deixo por aqui de vez em quando umas opiniões “fortes”, despidas de rodriguinhos, contundentes. E no entanto, em cinco anos e meio de ancoragens e nefelibatices, nunca se gerou por cá polémica de monta. Certa vez, por causa disto, ainda temi que me caísse em cima o carmo e a trindade… mas os brandos costumes levaram a melhor. A nação é compreensiva e, entre dois digestivos, sabe perdoar a quem nos ofende.

Também não fui presenteado com ofensas. De entre todas as possíveis a que mais me assusta é a popularidade. Vinda da parte de uma população onde meio mundo defende que o salário mínimo que temos contribui para o desenvolvimento do país e o outro meio aceita que lho digam, a popularidade seria certamente o pior dos insultos.

Haja saúde e dinheiro prós copos e que não subam por aí além as estatísticas.

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , . ligação permanente.