Arquivos Mensais: Fevereiro 2017

Alegria e tristezas de um viajante

Oslo, dez negativos, contas para pagar na caixa do correio. Tirando isso, chave à porta, o bom calor do minúsculo apartamento. E em cima da mesa um dos romances de Tove Nielsen dos que me faltavam. Descoberta este Outono, através de … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , | Publicar um comentário

There’s nothing like the sun…

Estacionado no breve momento que a correria entre papéis, notários, burocratas e demais vermina fuliginosa permite, na esplanada, deito a cabeça para trás e respiro fundo. O sol acaricia a pele,  e os versos de Thomas (Edward), ainda que sobre … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , | Publicar um comentário

O bom Lara, que havia longo tempo, que, nesta santa Casa não entrava,

  […] O bom Lara, que havia longo tempo, Que, nesta santa Casa não entrava, Aturdido ficou, quando a seus olhos, Na Cerca entrando, juntos se lhe oferecem As areadas ruas, as Estátuas, Os Buxos, os Craveiros, as Latadas De … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

Escritores proletários, literacia, conversas de panelas e outras coisas da democracia

Vinha sentido com a mulher, a irritante e irritada “kjerringa” que só o culpa e se queixa; nem sempre sabe bem porquê ou de quê. No pequeno apartamento no centro de Oslo, vou ouvindo e rindo ao mesmo tempo. Temperamento … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

Coisas boas

  Domingo sem chuva, tempo fresco, estradas por olivais e charnecas. Deixar boxear o Boxer, parar p’la bica em restaurante de província… ignorar A Bola e o PSI20 – (nossos portentos de virilidade e  uivo)  

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , | Publicar um comentário

Coisas que se encontram nos livros – Those poor bits of rag-paper with black ink on them

«Literature is our Parliament too.» e, mais abaixo, na mesma página do On Heroes and Hero-Worship  de Thomas Carlyle ( Lecture V – The hero as a man of letters; Johnson, Russeau, Burns): «of all things which man can do or make … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

quando um Deus maior e mais urgente é revelado nos olhos de quem se ama

  Da herança de armas escolho esta. A velha e sólida pombeira Colibri. Sempre a minha favorita. E a (de toda uma vida) do meu pai. Lembrei há poucos dias o episódio ao limpá-la. Em certos dias, ao abraçá-lo na despedida … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | Publicar um comentário