Alegria e tristezas de um viajante

img_20170207_155401

Oslo, dez negativos, contas para pagar na caixa do correio. Tirando isso, chave à porta, o bom calor do minúsculo apartamento. E em cima da mesa um dos romances de Tove Nielsen dos que me faltavam. Descoberta este Outono, através de um dos seus últimos livros de ensaios, foi autora que me cativou de imediato. E vai de empreitada a ler-lhe a obra. O que não encontro os amigos vão encontrando. Este Fritt Løp, aqui depositado por mão amiga, encontrado que foi em loja de usados. Antes de entrar no pouco mais que cubículo/apartamento que me serve de casa aqui, passo pela pequena livraria do prédio a Bookstua, agradecer a mensagem de texto, as condolências que recebi da livreira aquando da (ainda recente) morte do meu pai. Tem, diz que é o meu presente de Natal, uma obra de historiografia sobre a Frente do Norte de Hitler durante a segunda Guerra Mundial. Diz que um tipo que foi por aqui Ministro da Defesa lhe tinha encomendado e gabado o livro, que como me interesso por estas coisas…

Como só viajei com bagagem de mão, com o The Mission Song do le Carré por companhia, já tenho literatura (grátis) para o resto da semana. Aprecio esta queda desta gente para acarinhar os interesses dos outros. Não necessáriamente os seus. É uma das minhas alegrias.

Depois abro o Malomil e vejo isto. Uma das minhas tristezas.

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s