Jon Michelet; de escritas, monumentos, cintilações e moedas a funcionar

(Imagem: Dagbladet)

De Jon Michelet, já por aqui tenho escrito qualquer coisa. O ano passado, àcerca do seu gigantesco (sairam já cinco volumes) romance histórico sobre os marinheiros de guerra ao serviço da frota norueguesa que recusou servir a Alemanha de Hitler; romance que alguma crítica nacional denominou «um monumento cintilante».

Quando a associação dos armadores noruegueses recusou pagar o custo de seis novas placas onde figurassem os nomes dos marinheiros estrangeiros (não noruegueses) falecidos ao serviço da frota durante a última Grande Guerra para o memorial de Stavern, Jon Michelet pagou; pegou no montante que recebeu do prémio literário Anders Jahre (150 mil coroas) e doou-o.

A notícia é velha (do ano passado) mas bonita.  Ou pelo menos (o funcionamento destas coroas) um pouco mais que o nosso Moedas a funcionar…

 

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.