O Anti-Borges

Era a primeira edição de El elogio de la sombra de Borges finalmente encontrada num alfarrabista em Buenos Aires. E os versos que quase configurariam uma religião para os amantes de livros e de leitura. Que outros se gabem das páginas que escreveram, a mim orgulham-me as que li.

Há ente nós um plumitivo que parece ser o Anti-Borges. Cabe-nos a nós a vergonha de ler o que deixa escrito por aí, a ele disso andar orgulhoso. Pelos vistos, não sou o único a pensar assim.

.

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s