Estradas ribatejoso-ribeirinhas

não sendo da melhor qualidade as fotos do telefone esperto, ainda assim merece paragem (que não pra quatro cigarros e dois bagaços, mas isso é à escolha do freguês) a pequena barragem de Alpiarça com seu café. Sítio mimoso…

barragem

E depois pernas à estrada, rumo à ponte D. Luís, onde se rola enchendo o olho, ouvindo a música auriculosa que dá o dito telefone esperto. Confesso, com uma lágrima ou outra que se escapa e se misturará no vento fresco. Pela memória do meu pai sempre ansioso que eu chegasse em cada Verão para, ali, ao pé da vala à sombra dos plátanos ir comprar melões à feira improvisada. Era, uma das suas alegrias. Ir comigo aos melões a Alpiarça, os melões que perfumavam a adega todo o Verão, a sua sobremesa preferida nos almoços de família. Onde falta agora.

estrada alpiarça

Estradas formosas enfim, em contraste com um mal-trajado ou mal-roupido, este vosso criado que se assina Soliplass, que perdões roga e suplica por prosaica (e de comezinhas coisas) prosa,

alpiarça

.

 

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s