a stuck up do novo que era velho

Meados do último Julho ou Agosto e manhã fresca, tomava a bica lendo qualquer coisa num alfarrábio, levanto-me e ela passa por mim desviando-se, desagradada. A stuck up do Novo Banco. Com razões pra isso. Trago calças encardidas, botas de trabalho, t-shirt desbotada, se lhe toco descompunha-lhe a fatiota de executiva.

A mesmíssima que há três anos voltando eu do Norte, passada a confusão de Hamburgo, já adormecido em área de repouso de auto-estrada alemã, me acordou para tentar vender produtos do BES. Que estouraria daí a um mês. Mais coisa menos coisa…

Passa agora altiva e couraçada de desdém. Nem percebe quem é que evita quem, pobre mulher…

 

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , . ligação permanente.

2 respostas a a stuck up do novo que era velho

  1. hum.
    calhou ser uma mulher, não passou de uma pessoa estúpida.
    (ainda prefiro ver assim as cousas 😦

  2. soliplass diz:

    Sim, ser do género feminino o esperto bicho acaba por ser irrelevante

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s