Do roer com bom gosto

IMG_20180703_025624

Desde pequeno, quando pressentia findos os trabalhos da cozinha (louça lavada e arrumada) vinha a correr à frente para apanhar lugar. No sofá da sala, onde me sento ou deito a ler ou a ver um filme. No meio da livralhada silenciosa em sete línguas, ouvia ralhar e argumentar (um jovem desenvergonhado a tirar o lugar a um velho) mas dali só a ferros. Cresceu, está um gigante, sete meses e pouco depois da consulta pública que o livrou do nome Carlos Abreu de Amorim. Hoje, à paragem para um café numa terreola de província, apanhando um pouco de sol como as velhas nos poiais das casas, estava assim:

IMG_20181123_154948

Parece também ter desenvolvido bom gosto literário. A ultrapassar um Pitta. Hoje, durante a noite, roeu um paperback chamado «Anjos de arranha-céus»; o romance best-seller da (então jovem) Tove Nilsen. A mesmíssima de Tove ao Sol.

É claro que aquilo era um paperback com uma capa horripilante (esta) mas o conteúdo é suculento. É, na literatura norueguesa, o que mais se aproxima (do meu fraco conhecimento) de uma versão feminina de As Primeiras Coisas de Bruno Vieira do Amaral. O bicho tá um gourmet.

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s