Arquivos Mensais: Dezembro 2018

Elogios de divulgação, ou dois coelhos de uma cajadada

A foto ficou por aqui esquecida. Um dia qualquer de Outubro do ano passado, chuvoso. Numa caixa de madeira de em alfarrabista em Oslo, este Las Venas. Batido, sujo, com manchas de bolor. A livreira não quis dinheiro por ele, … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , | 3 Comentários

Susan Sontag sobre Joseph Brodsky, merda na Rússia, cosmopolitanismo e a quem agradar no que se escreve

[…] “He was elegant enough always to claim that he had not really suffered during that year and a half of internal exile; that he rather like farmwork, specially shoveling manure, wich he regarded a one of the more honest … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

De gatos e geringonças; e um (possível) divertimento dominical

O termo «geringonça» ganhou de súbito (com a solução política actual) lugar cativo nas conversas ou textos dos jornais, a fazer jus à ignorância e paroquialismo luso já que os governos de coligação fruto de sistemas eleitorais de representação proporcional … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , , , | Publicar um comentário

Os melhores livros do ano e as surpresas

Nesta altura do final do ano quase sempre se fazem balanços, avaliações, listas dos melhores livros, filmes, etc. & tal… Podemos sempre ir por aí. O método tem porém inconveniências. Andarmos a obedecer ao que críticos e editores decidem apregoar … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , , , | Publicar um comentário

Máquina de lavar louça ecológica de duas velocidades

Se a estimada leitora gosta de cozinhar no campo para toda a família, nada que saber: umas brasas, e uma frigideira alta (ou funda), Hoje servi comida de camionista sueco, a famosa pytt i panne ou pyttipana., Nada que saber novamente, … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , , | 10 Comentários

Pensar em pequena escala

Maravilhosa tarde na poda das oliveiras ontem: sol, o cão por perto, eu e o meu melhor amigo (daqueles que é uma sorte tê-los), o filho dele, jovem adulto, por companhia. Ensina-se, e mostra-se, ao jovial rapaz que ramos tirar,  … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , , | 4 Comentários

Filosofia de cegonha

Distraído pela conversa, sentado à mesa do café barulhento, via perorar – sem ouvir grande coisa – há um par de anos e num noticiário qualquer, um especialista de barba bem aparada e cabelo meticuloso. Fato de bom corte, gravata … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | Publicar um comentário