Dúvidas e inutilidades

IMG_20190228_181940

.

Mato e silvas subindo árvores acima, caniçais em redor. Limpeza, viste-la; pouca pra lá da promulgada administrativamente por Lisboa. Passei a grade ainda naquela tarde, a atrasar a erva. Trabalhos inúteis, roupa rasgada, mãos encardidas, desperdício de óleo e gasolina, de tempo, de gasóleo. Honrar talvez a memória do meu pai, mas nem isso tem utilidade prática que é morto, de nada lhe serve.

Deveria escrever redondilhas à natureza, sonetos e aforismos à paisagem, ir a manifestações e colóquios de especialista convenientemente vestido, assinar manifestos. Burro, a missão espinhosa, continuará, previsivelmente, as próximas férias. Conseguirei, na melhor das hipóteses ser fonte de embaraço social para qualquer mulher. Desgostos. Olhando à volta, ouvindo e vendo a duplicidade e hipocrisia da natureza humana, a cada dia que passa melhor compreender e aceitar o conceito de morte como alívio. Libertação.

.

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

5 respostas a Dúvidas e inutilidades

  1. Errado. Enquanto vivos, e apesar de a vda de cada um a si pertencer, existe sempre um mundo de gente que gosta da nossa existência, e nisto incluo os mortos. De resto, mesmo não crendo em nada, encontro uma beleza enorme no budismo, pois que isso do “compreender e aceitar o conceito de morte como alívio. Libertação.” não existe. O que existe, bem saberás, o Nirvana, é a extinção total, a ausência de संसार:

    Por múltiplos caminhos que o budismo tenha tomado, até hoje, existe, afinal, uma fonte comum, diria, literal (a fonte): o sofrimento, que se inicia com o nascimento.

    ____________________
    Nada mais tenho a acrescentar, menos ainda os budistas, bem mais sábios que eu, qualquer que seja o caminho búdico pelo qual tenham enveredado.

  2. petronio diz:

    Ah, welcome.

  3. petronio diz:

    Aquele de cima é o Luís Jorge

  4. dash diz:

    desperdício de tempo e biomassa e mais CO2 para a atmosfera

  5. De quando em quando passo por aqui em busca de novidades. Saber se estás vivo, e essas coisas. Espero que esteja tudo bem. Abraço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s