Fontes privilegiadas e a entrevista

img_20190113_105402

É um episódio caricato, e um aviso a quem se fia demasiado em fontes bem-informadas (coisa que teria aproveitado a Cavaco no caso do BES), contado por Brendan Gill que escreveu um livro precioso para quem estiver interessado no funcionamento (até aos anos 70) da revista, o Here at the New Yorker.

Brendan Gill tinha viajado com a família até à Irlanda no verão de 39 tendo-lhe sido concedido o (supostamente) grande privilégio de uma entrevista a De Valera que à época era não só o primeiro-ministro da Irlanda como também o presidente da Liga das Nações. Liga que andava nesse Verão em trabalhos febris para prevenir o desencadear da 2ª Guerra Mundial, sendo De Valera o homem reconhecido como melhor informado sobre o assunto. Assegurou a Gill que não haveria guerra…

A família regressou aos Estados Unidos num navio de linha americano (o Washington) apinhado de gente menos optimista que De Valera. Entre eles Edward G. Robinson e família que se viram forçados a comprar a cabine do Purser por não haver outra disponível e Sara Delano Rosevelt confidente que her boy, Franklin, iria resolver o problema.

Ao atracar em Nova Iorque, Gill foi então entrevistado por um repórter do Hartford Courant sendento de notícias da Europa – acabado de desembarcar era suposto vir bem informado das últimas. Já em casa do pai em Hartford, Gill, na manhã de 3 de Setembro, lê no jornal que Hitler tinha atacado a Polónia e que a Inglaterra se tinha aliado à França. Estava desencadeada o maior conflito do séc. XX. Na última página havia um cabeçalho de um pequeno artigo com o seu nome: NÃO HAVERÁ GUERRA, DIZ BRENDAN GILL.

 

(no Here at the New Yorker, NY, Da Capo Press, 1997, pp.156-7)

 

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

2 respostas a Fontes privilegiadas e a entrevista

  1. petronio diz:

    É bom saber que regressaste. Hoje em dia só tenho o Feedly por causa do Âncoras e até pensei em apagar a app por ter passado tanto tempo desde o último post. Um abraço.

  2. soliplass diz:

    Mas isso é uma honra que esta encardida taberna não merece. De quando em vez é salutar uma paragem pra não andar convencido que isto é importante e pra não perturbar quem todolosabe que isto às vezes há por aqui umas opiniões a contra-corrente e umas dúvidas … E depois isto de escrever toma o precioso tempo para ler. Como se diz no campo: ovelha que berra bocada que perde.

    Abraço. Saudoso, de te ler também.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s