Baixa de peso na coligação governamental norueguesa

Siv Jensen anunciou hoje (episódio sem precedentes na política norueguesa, como afirma o politólogo Johannes Bergh ao Dagsavisen) que o Frp se retira formalmente da coligação governamental norueguesa de direita, cujo principal partido é o Høyre (Direita) de que é líder a actual chefe do governo Erna Solberg. Na aparência, um pequeno incidente motivou o abandono. O repatriamento de uma mulher paquistanesa – catalogada como terrorista, casada com um militante da organização Estado Islâmico – e dos dois filhos, um dos quais gravemente doente. O Frp opunha-se por princípio à repatriação da mulher, dando-lhe estatuto de inimiga e advogando tratamento em consonância. Notícia em inglês aqui.

É também um sinal inequívoco de que o tema dos refugiados e das populações percebidas como “estranhas” ao corpo da nação, por nacionalidade de origem ou por orientação religiosa, é um tema que mais e mais marca a agenda dos países norte-europeus e colhe (ou faz perder) votos e peso político.

 

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , . ligação permanente.