Aquivos por Autor: soliplass

Sobre soliplass

email: friluftogvind@gmail.com

Surpresa s

Boa surpresa este O Nervo Ótico de María Gainza, quase lido na totalidade entre Lisboa e Munique. Tinha trazido para leitura de avião o A Friend of the Earth de T. C. Boyle, mas, ao passar pela Fnac do aeroporto, lá estava … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Se não morresse matava-o

Na sala de fumo do aeroporto, um velhote alemão nota nas costas do empregado de limpeza a sigla da firma ISS. Diz que é a mesma da organização extremista árabe. E comenta, levando a mão em navalha ao pescoço “they … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | 3 Comentários

pra desenjoar da gravitas

ide ler aquele inventoso anúncio e a singular promoção em dia de joyeuse Saint-Valentin no Herdeiro de Aécio. Se ainda tiver fôlego para coisas cómicas, pode também passar por aqui. .  

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , | Publicar um comentário

A justa repartição intergeracional de sacrifícios

  Se a mim me calhou um semestre ou dois a ouvir Vasco Rato defender a invasão do Iraque (ou FCSH lá entendia que lhe pagava o salário para isso ou simplesmente não quis saber) e como, depois de deposto … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

Lula, a transparência e o trânsito

Soube, pelo excelente Ouriquense – ao ler o post Diz não à “superioridade moral da esquerda” – que o dr. Viegas escreveu um artigo agudo e contundente sob a corrupção no Brasil; e sobre as concomitantes tropelias do passar a mão na grana lulista.  … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , , , , | 2 Comentários

S. Valentim dos pobres

Sem correntes, tinha começa a nevar, habituado ao clima escandinavo, imaginei que passava. No pico, antes de França, o trânsito parado. Começou a ventar. Já estou tramado (pensei), de neve a gelo, com vento, é enquanto o diabo esfrega o … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , | 1 Comentário

Ler os outros

Rui Ângelo Araújo, «A nova direita portuguesa, o Correio da Manhã e a aceitação do país» no Os Canhões de Navarone, ( excerto):   « Poder-se-ia pensar que havia neste contentamento com o desvelar da negra alma lusa um desejo de correcção, de … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , , | Publicar um comentário