Arquivo da Categoria: Uncategorized

Benditos aviões, maldita austeridade

Vôo pra Bruxelas e o delicioso Raul Brandão por companhia. O pior, por mais remota, é a probabilidade de um conhecido deputado laranja se sentar na cadeia ao lado. Por questões de higiene, deveriam ser obrigados de novo a viajar … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Ler os outros

Jorge Carreira Maia no Kyrie Eleison: Tentações ingníferas: . (…) O pior que poderá acontecer é que a desgraça de Pedrógão Grande se transforme no início de uma batalha pelo poder. Não porque a direita possa ganhá-la. Não porque a esquerda … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | 2 Comentários

Momentos, colheitas

Ontem, ao comprar caixinha de cerejas para presentear minha mãe, encontrei um dos colegas de grata memória do curso de ciência política da FCSH, que raramente vejo ou revejo. Diz-me que é editor da Lisbon Poets & Co. Logo me … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | 2 Comentários

Ler os outros

  Mais “istas”, no bons tempos hein?! e, « vai chamar cobarde a outro» no Delito de Opinião: “Era fácil demitir-me, rolava uma cabeça e o problema continuava. Teria sido cobarde fugir da adversidade”, declarou a ministra em entrevista à RTP. Sem … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , | 3 Comentários

ele há coisas,

relativamente simples e ainda assim bonitas. De (considerando) módico preço. Aqui está uma, arrecadação de barco transformada em casa de férias. (clicando nas setas laterais à imagem fica-se com uma ideia da melhor) . .

Publicado em Uncategorized | 4 Comentários

é a vida

– Há uma coisa que reparei, no teu blog nunca escreves sobre amor. (não é bem assim, há uma quase-citação do caçar guitarras debaixo de lua cheia) – Pois, mas fica um bocadinho ridículo um gajo com um salário bem … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

Crueldades, prazeres e goladas

  É retinta crueldade eu sei, deixar um cristão ver um copo de imperial geladinha como a do post abaixo, sem saber se ele tem à mão outra igual. Eu sei. Mas há outra que talvez desconheçam. É deixar os … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , | Publicar um comentário