Arquivo de etiquetas: Alemanha

por estradinhas de Schleswig-Holstein

Há coisa de hora e meia, em pleno exercício de cavalar mortificação. Costumeira r6 pinacle. Norte da Alemanha, sombro-soleado de florestas frescas, alcatrão lisinho. Uma droga… Casas rurais, jardins, cheiro de relva, rosas. Uma agarração… haja pernas e pulmões.  

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , ,

A alemã triste e consolada

Colega de trabalho. Nicole. Alemã. A viver com a família na Noruega, numa cidade do sul. Ao iniciar do meu turno cumprimento-a com o habitual «como vais?» Responde ela, em voz um pouco triste com o norueguês carregado de sotaque … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , ,

Sol

Há quatro dias no norte da Alemanha, adivinhas de Primavera. Desabrocham flores e gentes.

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , | 4 Comentários

Perplexidades

Novamente relembro um dos artigos coligidos no livro acima, Motstand, artigos no jornal Dagbladet de 1930-1945 (por Jan Erik Vold [alguma da sua poesia traduzida aqui em boa hora por Amadeu Batista], filho do articulista e correspondente de imprensa na Alemanha … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , , , | Publicar um comentário

Sítios

Um alfarrabista alemão que frequento (inaugurado  há pouco tempo ainda), sítio adorável, sorrisos, preços do tempo da mari’castanha. Mas tem o encanto especial de, ao ver a fachada ao longe, ter a gente a impressão de se dirigir a um … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , | 3 Comentários

Apologia da Alemanha

Agora que a reputação alemã anda plas ruas da amargura, é tempo de lhe dar apologia. Como numa terra onde se nos apetecer ler um clássico, ao comprá-lo (de folhas novinhas a estrear!) a gente paga o preço de um café,  a … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | 5 Comentários

Distribui(cão) outonal e pontificada de literatura

Indo ontem na Alemanha por um par de óculos de leitura, dei por me ter esquecido de meter ao bolso o maço de cigarros com que presenteio (normalmente) o tipo que pede esmola numa ponte e que trata bem um cão.  De … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | Publicar um comentário