Arquivo de etiquetas: Correio da Manhã

Ler os outros

Rui Ângelo Araújo, «A nova direita portuguesa, o Correio da Manhã e a aceitação do país» no Os Canhões de Navarone, ( excerto):   « Poder-se-ia pensar que havia neste contentamento com o desvelar da negra alma lusa um desejo de correcção, de … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , , | Publicar um comentário

Coisas feias num dia bonito

Um idiota que se deixa ver em público recostado numa cadeira de praia a ler o Correio da Manhã, que espécie de idiota se deixa ver em público a ler tal coisa?   Mais aceitável, menos feio, é ver em público alguém … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas ,

Esperanças

Tempo agreste. Todos se esquivam até de o nomear para que não larguem os cães a ganir por esses becos e quintais. Por outra banda, aquece o coração saber, ainda que longe, o saudoso povo beneficiado com este pregão nas … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , , , , , , | Publicar um comentário

Caudais

 Lembro-me desse dia nevoento de Inverno em que engravatado fui apanhar o expresso para Lisboa, naquele tempos em que os bancos corriam nacionalizados. Foi por essa época que um vizinho (homem de negócios local) veio oferecer lá a casa um emprego … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , | Publicar um comentário

Bericht aus hinaus Feindes Linien, ou o perigo de fuga em massa

Famoso, luzidio, e epigramático ex- professor de Relações Internacionais da FCSH, Medeiros Ferreira vem em artigo no seu blog intitulado Demita-se o Gunther, lembrar-nos (não fosse a gente esquecer-se que lhe ficamos em favores) do seu outro artigo (onde volta à carga) no Correio da … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , | Publicar um comentário

Os totalitarismos da sarjeta e da sargenta

A azougada senhora sargenta cá dos esquadrões jornalísticos – que já tinha dado um Dryfus por geração espontânea à gesta lusitana – insurgiu-se certo dia (que já não lembra a ninguém) contra o totalitarismo jornaleiro e a sarjeta dele. Dois ou três … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | Publicar um comentário