Arquivo de etiquetas: Crónicas

Sítios, livros, leituras, linhas,carambolas, coisas da insónia

Insone, livro colhido da estante ao acaso, volto às crónicas de Cristovão Tezza de Um Operário em Férias (Record, 2013), autor que vejo com alegria também publicado na Noruega. E à crónica, Leituras. «Às vezes uma leitura se preserva durante décadas … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , , | Publicar um comentário

Raridades e riscos

  Uma raridade, esta crónica no DN e este cronista: um plumitivo que sabe o que é uma paveia, uma enxada e,… roçar mato. Raridade ainda maior, que o o confessa: “A última coisa que um miúdo com 12, 13 … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , , , | 2 Comentários

Outro terrorismo

  “2  Outro terrorismo: a Corrupção. Ela é o fascismo de colarinho-branco. É também & ainda, por dentro da Democracia, o mais voraz inimigo dos direitos básicos que são a própria essência da dita. O direito ao trabalho, o direito … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , ,

A irmã do príncipe

  Há textos particularmente evocativos. Que conseguem despertar no leitor uma estranha  e poderosa empatia.  É o caso da recente e lancinante crónica de Ferreira Fernandes no DN:   “Como não sou um latinista reputado para dizer que delatar e dedo têm … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

Crónicas

Amanheceu em Oslo chato e cinzento, do céu a cair rápida uma neve molhada – que não vale um caracol para uma volta lá em cima nos caminhos da floresta a aproveitar a tarde de folga. Felizmente há uns bálsamos … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , | 5 Comentários

Homenagem (esperta e feliz)

Ao contrário do que muitos apregoam, não é só a insensibilidade social o que por aí se dedica ao pessoal doméstico. A contra-corrente da dita, dá gosto ler a pungente homenagem à senhora Deolinda (esperta e feliz e agradecida) que … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , | 7 Comentários

Do fundão

Do fundão do mar, ou um cronista de primeira água.

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , | Publicar um comentário