Arquivo de etiquetas: Galeano

Homenagem às homenagens

Encontrei pela primeira vez um livro de Eduardo Galeano numa livraria em Oslo, num escaparate da livraria da Litteraturhuset onde, por norma, apenas se expõe o melhor. O Voices of Time, que está na origem deste post velho. Lido o primeiro, os outros … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

Memória imperfeita: Percorrerei a cavalo os prados do arroio negro

Dias atrás, num post do blog Um jeito manso que conta de um cavalo negro no meio de livros tentei recordar um excerto de Crónica de um vôo sobre terra púrpura de Eduardo Galeano. Sabia que fazia parte deste Dias e … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , ,

A explicação das estatísticas

  De Eduardo Galeano, publicado originalmente no Uruguai com o título Bocas del Tiempo, pela Imprenta Rosgal em 2004 em Montevideo, as suas 333 pequenas histórias e relatos, constituem segundo a Harper’s Magazine “um conjunto de igual número de descargas … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

Plágios (2)

É difícil dizer o que é plágio ou não. Esta explicação, por exemplo, parece um plágio de uma história (o Geógrafo) de Eduardo Galeano, no livro Bocas del Tiempo. Aí se explica como o lago Titicaca estava primeiro num sítio … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , | Publicar um comentário