Arquivo de etiquetas: Ladrar à Lua

Esbarbear – x’barbiar – desbarbar telha

Raramente sonho. Que me lembre. E quando me lembro de ter sonhado, do que me lembro normalmente é de uma espécie de pesadelo. O meu sonho típico é não conseguir perceber o porquê de uma avaria ou estar a tentar … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | 2 Comentários

Ler os outros

No Ladrar à Lua, uma imagem que não vale apenas por mil palavras: vale por cinco compêndios de sociologia (in)cívica. No Ponteiros Parados, um excelente ensaio sobre as peneiras de vínicultivações, charutismos & outros aparelhamentos da joi de vivre.

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | Publicar um comentário