Arquivo de etiquetas: Sterne

Migalhas, estrelas, mãos

Já a aproximar-se do fim da vida, Gunvor Hofmo publicou no seu livro de 1984 (Stjernene og Barndommen – As estrelas e a infância) um poema sob o mesmo título. A primeira estrofe,   Conheço do marinheiro longas vigias da … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , , | Publicar um comentário

… a mysterious carriage of the body…

Que me perdoem os leitores por algum do teor mais ligeiro de alguns posts, ao relatar conversas de café, e coisas menos “institucionais”. De se arredarem das grandes ideias e das grandes teorias, dos grandes políticos engravatados e sérios, da … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , | Publicar um comentário

Of all the gin joints in the world

Há o café universal a preto e branco, onde ela entra ( logo teve que escolher aquele) pede play it again Sam e é uma bênção ou maldição, como tudo o que de esperado ou inesperado que vale a pena relembrar. Todos temos, … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | Publicar um comentário